História

Nascido em Floresta, PE, em 17.03.1946, filho de Adelmar Ferraz e Dirce Leal Ferraz, Ivan foi influenciado, desde a infância, por sua avó e sua mãe que tocavam Bandolim. Em 1956, conhece o Rei do Baião, diante do coreto da praça principal de sua terra. Esse encontro foi decisivo para que Ivan pesquisasse sobre tudo da música nordestina.

Aos 16 anos, veio morar no Recife. Em 1970, formou-se em Comunicação, pela Escola Superior de Relações Públicas. Em 1975, concluiu outro curso: Radialismo. Assumiu a chefia do setor de Divulgação e Produção do Regionalismo da Fábrica de Discos Rozemblit. Aí, conheceu grandes expoentes da música pernambucana, como Luiz Queiroga, Jacinto Silva, Rui de Moraes e Silva, Capiba, Jackson do Pandeiro, os Irmãos Valença e os maestros Duda e Edson Rodrigues, entre outros. Em 1977, gravou um compacto na própria Rozemblit, cantando o seu primeiro Xote, “Riqueza do Sertão”. Daí por diante, Ivan participou de muitas gravações.

Em 1981, criou o programa “O Forró de Ivan”, na Rádio Jovem Cap.. Como apresentador desse programa, ele, com a ajuda de Edelzuíta Rabelo, convidou Luiz Gonzaga para gravar uma mensagem. Com isso, o apresentador estreita suas relações de amizade com o Rei. Logo depois, Ivan leva um projeto para o Dr. Humberto Vasconcelos, Diretor da TV Tropical, do Governo do Estado de Pernambuco, que é aprovado com a concordância dos demais diretores. Nasce, então, o “Nordeste, Poesia e Forró”. Pouco tempo depois, o apresentador muda o nome para “Forró, Verso e Viola”, nome que já é uma marca definitiva de Ivan Ferraz.

Em 1987, colabora na produção de um show, Serra Talhada, homenageando o grande compositor Zé Marcolino (já falecido). Nessa apresentação, Luiz Gonzaga incita o público a apoiar Ivan como defensor do regionalismo e o chama para cantarem juntos. Sem dúvida, uma das maiores emoções da vida do apresentador.

No dia 01 de outubro de 2000, o “Forró, Verso e Viola” é apresentado pela primeira vez na Rádio Universitária 99.9FM/UFPE, e permanece como um dos grandes programas de audiência no horário das 16h às 18h, diariamente de 2ª a 6ª, onde ele mostra toda a diversidade da cultura nordestina.

Agora, com muito mais ouvintes, pois além de ser escutado por diferentes segmentos da sociedade, também pode ser “sintonizado” no mundo inteiro, através do site www.tvu.ufpe.br , no horário acima mencionado.

Com 9 LP’s e 11 CD’s gravados, Ivan Ferraz já tem seu nome imortalizado na memória dos nordestinos.

No presente momento, tem um projeto pronto para gravação do seu 6º CD, “Juventude no Forró”, com participações especiais de grandes nomes da música nordestina, como Domiguinhos, Amelinha e Jorge de Altinho.

HOMENAGENS/ TÍTULOS           

- Título de Cidadão de São Miguel (RN) – 1991
- Troféu Festa Nacional da Impressão -1998
- Medalha José Mariano (Câmara Municipal do Recife) – 1998
- Título de Cidadão Caruaruense – 1999
- Membro do Rotary Santana (Recife/PE) -2000
- Homenagens nas festividades do Aniversário de nascimento de Luiz Gonzaga (Parque Asa Branca) – 2000
- Diploma de Colaborador Emérito do Exército Brasileiro -2001
- Medalha do Pacificador (Exército Brasileiro) – 2002
- Homenageado oficial do São João pela Fundação de Cultura da Cidade do Recife/PCR 2002
- Homenageado no 1º Seminário da Associação de Imprensa de Pernambuco- AIP- 2004
- Medalha do Mérito Militar – Grau Conselheiro (Exército Brasileiro) – 2006

OBS:
- Apresentador de seu programa “Forró, Verso e Viola”, durante 16 anos na TV Pernambuco.
- Apresentador do seu programa “Forró, Verso e Viola”, na Rádio Universitária 99.9FM/UFPE, desde 2000

- Programa levado ao ar das 16h às 18h, de 2ª a 6ª feira. Site www.tvu.ufpe.br com ouvintes no Brasil e exterior a citar: New York(EUA), Berlin (Alemanha), dentre outros.


Em síntese: cantor, compositor, apresentador, denominado “O Comunicador Sertanejo”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário